Pesquisar no site de suporte

Evite golpes de suporte. Nunca pedimos que você ligue ou envie uma mensagem de texto para um número de telefone, ou compartilhe informações pessoais. Denuncie atividades suspeitas usando a opção “Denunciar abuso”.

Learn More

Web Signer foi desativado

  • 16 respostas
  • 12 têm este problema
  • 2088 visualizações
  • Última resposta de pontara.adv

more options

olá!

utilizo a extensão Web Signer para acessar o sistema do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), com o meu certificado digital, contudo, hoje, 16/3/2022, a referida extensão foi "desativada devido a problemas de segurança ou estabilidade" (print anexo).

como devo proceder, uma vez que utilizo a extensão diariamente para trabalhar?

olá! utilizo a extensão Web Signer para acessar o sistema do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), com o meu certificado digital, contudo, hoje, 16/3/2022, a referida extensão foi "desativada devido a problemas de segurança ou estabilidade" (print anexo). como devo proceder, uma vez que utilizo a extensão diariamente para trabalhar?
Capturas de tela anexadas

Solução escolhida

Marcelo Ghelman disse

Realmente, este é um problema da Softplan, desenvolvedora da extensão Web Signer. A Mozilla verifica regularmente a enorme quantidade de extensões disponibilizadas. Quando encontra alguma incompatibilidade de uma extensão com suas diretrizes de privacidade e segurança, a inclui numa lista de bloqueios. Mais detalhes em https://support.mozilla.org/pt-BR/kb/extensoes-inseguras-ou-instaveis-na-lista-de-bloqueios De acordo com a seguinte página, a extensão Web Signer coleta dados dos usuários sem avisar, pedir permissão nem oferecer controle sobre o que é coletado. https://addons.mozilla.org/pt-BR/firefox/blocked-addon/websigner@softplan.com.br/ É preciso que os usuários entrem em contato com a Softplan em https://www.softplan.com.br/contato/ para pedir que resolvam o problema. Quanto mais reclamações forem feitas, maior a probabilidade deles corrigirem mais rápido. É importante que isso seja feito, pois é questão de tempo até que a equipe do Google Chrome descubra que a extensão não atende suas próprias diretivas de privacidade e segurança e também a bloqueie.

Conforme já mencionado por um de nossos voluntários do time de suporte da Mozilla (SUMO), este é um problema relacionado à extensão em si. Recomendamos que entre em contato com o desenvolvedor do Plugin para solicitar uma correção o mais breve possível.

Ler esta resposta 👍 1

Todas as respostas (16)

more options

Estou com o mesmo problema. Já testei e funciona normalmente em outro navegador, o problema realmente é na FIREFOX, contudo é o navegador que eu utilizo. Já obteve alguma solução? Obrigada

more options

Bom dia! mesmo problema desde ontem 16/3/2022, a referida extensão foi "desativada automaticamente devido a problemas de segurança ou estabilidade". J´tentei reinstalar diversas vezes e ocorre o bloqueio automático impedindo o login no site.

more options

Tentei contato com o suporte, mas não obtive sucesso. Se alguém conseguir alguma solução, por favor compartilhem. Hoje 17/03 continuo com o problema e também não consigo reinstalar.

more options

Não é o Mozilla é o plugin, o Mozilla está protegendo o computador. É o pessoal do software do plugin que esqueceu de comunicar ao navegador Mozilla.

Será preciso em contato com o suporte do Plugin ou com alguém que conseguiu instalar para desbloquear a proteção do navegador.

more options

[telefone# removido do publico] . Logo que liguei nesse número, o atendente eletrônico já respondeu que se o problema for o plugin web signer, eles já estão resolvendo.

Alterado por James em

more options

Realmente, este é um problema da Softplan, desenvolvedora da extensão Web Signer.

A Mozilla verifica regularmente a enorme quantidade de extensões disponibilizadas. Quando encontra alguma incompatibilidade de uma extensão com suas diretrizes de privacidade e segurança, a inclui numa lista de bloqueios. Mais detalhes em https://support.mozilla.org/pt-BR/kb/extensoes-inseguras-ou-instaveis-na-lista-de-bloqueios

De acordo com a seguinte página, a extensão Web Signer coleta dados dos usuários sem avisar, pedir permissão nem oferecer controle sobre o que é coletado. https://addons.mozilla.org/pt-BR/firefox/blocked-addon/websigner@softplan.com.br/

É preciso que os usuários entrem em contato com a Softplan em https://www.softplan.com.br/contato/ para pedir que resolvam o problema. Quanto mais reclamações forem feitas, maior a probabilidade deles corrigirem mais rápido.

É importante que isso seja feito, pois é questão de tempo até que a equipe do Google Chrome descubra que a extensão não atende suas próprias diretivas de privacidade e segurança e também a bloqueie.

more options

Solução escolhida

Marcelo Ghelman disse

Realmente, este é um problema da Softplan, desenvolvedora da extensão Web Signer. A Mozilla verifica regularmente a enorme quantidade de extensões disponibilizadas. Quando encontra alguma incompatibilidade de uma extensão com suas diretrizes de privacidade e segurança, a inclui numa lista de bloqueios. Mais detalhes em https://support.mozilla.org/pt-BR/kb/extensoes-inseguras-ou-instaveis-na-lista-de-bloqueios De acordo com a seguinte página, a extensão Web Signer coleta dados dos usuários sem avisar, pedir permissão nem oferecer controle sobre o que é coletado. https://addons.mozilla.org/pt-BR/firefox/blocked-addon/websigner@softplan.com.br/ É preciso que os usuários entrem em contato com a Softplan em https://www.softplan.com.br/contato/ para pedir que resolvam o problema. Quanto mais reclamações forem feitas, maior a probabilidade deles corrigirem mais rápido. É importante que isso seja feito, pois é questão de tempo até que a equipe do Google Chrome descubra que a extensão não atende suas próprias diretivas de privacidade e segurança e também a bloqueie.

Conforme já mencionado por um de nossos voluntários do time de suporte da Mozilla (SUMO), este é um problema relacionado à extensão em si. Recomendamos que entre em contato com o desenvolvedor do Plugin para solicitar uma correção o mais breve possível.

more options

Boa tarde vocês que estão com esse problema podem voltar a versões anteriores. até resolverem o problema. funciona. Web Signer.

segue links para donwloads da versão que funciona. "testadas" PT-BR 32 e 64 Bits. "Verifique seu S.O.

  • Já ira fazer o Donwload * os links abaixo ao clikar ! . Desistalar o Mozila atual caso esteja instalado. ***

https://ftp.mozilla.org/pub/firefox/releases/94.0b4/win64-aarch64/pt-BR/Firefox%20Setup%2094.0b4.exe

https://ftp.mozilla.org/pub/firefox/releases/94.0b4/win32/pt-BR/Firefox%20Setup%2094.0b4.exe

Alterado por cardoso_rp em

more options

CRÍTICA/NOTIFICAÇÃO EXTRAJUDICIAL. O site do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP) exige a instalação desse plug-in chamado websigner para a autenticação por smart-cards, que, junto com vosso navegador, são necessários para movimentação de processos judiciais e acesso ao sistema e-SAJ daquele órgão. Considerando que perdas de prazos judiciais por não funcionamento desse sistema implicam em prejuízos a terceiros, uma vez que a grande maioria é peremptória, é necessário deixar isso bem claro que, na prática, isso aconteceu, uma vez que para cumprir tais prazos e diligências, os usuários (advogados, servidores e demais utilizadores) daquela Corte de Justiça dependem de um navegador que permita a utilização do software "plug-in" por ela exigido e que vinha funcionando sem problemas até recentemente com o Mozilla Firefox, cujo navegador é homologado pelo próprio Tribunal, como meio de acessar os processos oficiais. Infelizmente, se a Mozilla de um lado se "preocupa" com a segurança e a privacidade dos usuários (lançando mão do lema "Nenhuma política de privacidade obscura nem acesso escondido para anunciantes. Apenas um navegador extremamente rápido, que não vende você como produto"), por outro lado NÃO OS RESPEITA, na medida em que bloqueia plug-ins de maneira mandatória, sem dar aos mesmos usuários a OPÇÃO, POR SUA CONTA E RISCO e sob sua responsabilidade, instalar o plug-in mesmo assim, sem precisar lançar mão de "downgrades" ou procurar outras soluções, como o Edge da Microsoft (que está funcionando perfeitamente e, agora descobri, é MUITO mais rápido e seguro que o Mozilla Firefox e que, ainda, RESPEITANDO minha opção, não está obstruindo o trabalho de advogados, peritos, servidores e usuários do sistema). E jogar a responsabilidade toda em cima de terceiro desenvolvedor não se justifica, pois a plataforma retirou, numa mudança de versão, todas as funcionalidades do plug-in, em detrimento de mudança de política interna da Mozilla, que sequer comunicou ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, para que, pelo menos tomassem providências para adotar outro meio de autenticação de smartcards ou promovesse, como sugerido nesta crítica/notificação, dar a opção de instalação ao usuário que dele DEPENDE, com as advertências e riscos que correm ao instalá-lo. Então percebam que o problema não é a Softplan, mas sim vosso, no que diz respeito a nós, usuários de seu navegador. Há um ditado muito oportuno para esta situação: "Não permita que sua falta faça falta". Apoiei a Mozilla desde o início, em 1998, mas, INFELIZMENTE, essa decisão por vocês tomada foi equivocada e, como eu, MUITOS, após suportar prejuízos, estão descobrindo opções que se apresentam melhores. ESPERO SINCERAMENTE que corrijam essa falta (talvez como sugerido), antes que a sua falta seja irrelevante e seu navegador, por irrelevante, lento e burocrático em excesso, não faça mais falta. Independente de eventuais responsabilizações por danos já impingidos, considerando tudo o que foi expendido, o interesse na solução é todo vosso. Sinceramente, Rogério Batista Ayres, Advogado, OAB-PR 19742 (rogerio.b.ayres@gmail.com).

more options

..........

Alterado por Leonardocazu em

more options

BOM DIA!

FAÇAM COMO EU, SÓ USAVA O MOZILLA PARA ACESSAR O TJSP, COMO NÃO FUNCIONA E POUCO ME IMPORTA DE QUEM É A CULPA, PASSEI A USAR O CHROME e o EDGE, OS QUAIS FUNCIONAM PERFEITAMENTE. ASSIM RESOLVI O PROBLEMA, DEIXANDO SIMPLESMENTE DE UTILIZAR O MOZILLA, ALIÁS PENSO EM DESINSTALA-LO DEFINITIVAMENTE.

more options

Caros amigos advogados, consegui solução.

com o navegador firefox aberto digite na barra de endereço/pesquisa

about:config da um enter

abrirá uma linha para pesquisa por nome, digite

extensions.blocklist.enabled

no fim da linha tem uma seta, clique e deixe false.

pronto feche o navegador e acesse o e-saj com o token, ele pedira para instalar o web signer e dará certo.

José Maria Sarubo OAB/SP 455.450, advogado em Tatuí

Alterado por James em

more options

Prezado colega,

acredite ou não, mas HOJE, no final da tarde, renovei meu certificado que estava inválido há meses e me deparei com este obstáculo do firefox. Por eu já usar o firefox há quase 20 anos e ter uma certa habitualidade no uso do "about:config" para diversas finalidades, consegui resolver esse problema sozinho. A grande surpresa foi ver seu comentário, justamente HOJE E POUCAS HORAS ANTES, também trazendo a solução quando justamente eu pretendia fazer o mesmo.

Para quem não acredita em gigantes coincidências, eis este exemplo.

Sarubo disse

Caros amigos advogados, consegui solução. com o navegador firefox aberto digite na barra de endereço/pesquisa about:config da um enter abrirá uma linha para pesquisa por nome, digite extensions.blocklist.enabled no fim da linha tem uma seta, clique e deixe false. pronto feche o navegador e acesse o e-saj com o token, ele pedira para instalar o web signer e dará certo. José Maria Sarubo OAB/SP 455.450, advogado em Tatuí
more options

Muito obrigado..!

more options

rogerio.b.ayres disse

CRÍTICA/NOTIFICAÇÃO EXTRAJUDICIAL. O site do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP) exige a instalação desse plug-in chamado websigner para a autenticação por smart-cards, que, junto com vosso navegador, são necessários para movimentação de processos judiciais e acesso ao sistema e-SAJ daquele órgão. Considerando que perdas de prazos judiciais por não funcionamento desse sistema implicam em prejuízos a terceiros, uma vez que a grande maioria é peremptória, é necessário deixar isso bem claro que, na prática, isso aconteceu, uma vez que para cumprir tais prazos e diligências, os usuários (advogados, servidores e demais utilizadores) daquela Corte de Justiça dependem de um navegador que permita a utilização do software "plug-in" por ela exigido e que vinha funcionando sem problemas até recentemente com o Mozilla Firefox, cujo navegador é homologado pelo próprio Tribunal, como meio de acessar os processos oficiais. Infelizmente, se a Mozilla de um lado se "preocupa" com a segurança e a privacidade dos usuários (lançando mão do lema "Nenhuma política de privacidade obscura nem acesso escondido para anunciantes. Apenas um navegador extremamente rápido, que não vende você como produto"), por outro lado NÃO OS RESPEITA, na medida em que bloqueia plug-ins de maneira mandatória, sem dar aos mesmos usuários a OPÇÃO, POR SUA CONTA E RISCO e sob sua responsabilidade, instalar o plug-in mesmo assim, sem precisar lançar mão de "downgrades" ou procurar outras soluções, como o Edge da Microsoft (que está funcionando perfeitamente e, agora descobri, é MUITO mais rápido e seguro que o Mozilla Firefox e que, ainda, RESPEITANDO minha opção, não está obstruindo o trabalho de advogados, peritos, servidores e usuários do sistema). E jogar a responsabilidade toda em cima de terceiro desenvolvedor não se justifica, pois a plataforma retirou, numa mudança de versão, todas as funcionalidades do plug-in, em detrimento de mudança de política interna da Mozilla, que sequer comunicou ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, para que, pelo menos tomassem providências para adotar outro meio de autenticação de smartcards ou promovesse, como sugerido nesta crítica/notificação, dar a opção de instalação ao usuário que dele DEPENDE, com as advertências e riscos que correm ao instalá-lo. Então percebam que o problema não é a Softplan, mas sim vosso, no que diz respeito a nós, usuários de seu navegador. Há um ditado muito oportuno para esta situação: "Não permita que sua falta faça falta". Apoiei a Mozilla desde o início, em 1998, mas, INFELIZMENTE, essa decisão por vocês tomada foi equivocada e, como eu, MUITOS, após suportar prejuízos, estão descobrindo opções que se apresentam melhores. ESPERO SINCERAMENTE que corrijam essa falta (talvez como sugerido), antes que a sua falta seja irrelevante e seu navegador, por irrelevante, lento e burocrático em excesso, não faça mais falta. Independente de eventuais responsabilizações por danos já impingidos, considerando tudo o que foi expendido, o interesse na solução é todo vosso. Sinceramente, Rogério Batista Ayres, Advogado, OAB-PR 19742 (rogerio.b.ayres@gmail.com).

Quem presta serviço para os tribunais é a Softplan, logo a obrigação de se adequar as políticas de privacidade do Firefox é dela, pois quando os programadores criam um plug-in para que seja instalado em um programa, eles tem acesso ao manual (com todas as instruções) das versões do navegador em questão. Foi assim com uma grande empresa de sistema contábil do Brasil, ela nos passou o layout e manual pra criamos o plugin de acordo com o sistema dela.

Se eles (Softplan) não criaram um programa que atende as diretrizes de segurança do Firefox que sejam bloqueados, mesmo.

Pois aos seus olhos, segurança não é importante, mas aos olhos dos profissionais de TI sérios, segurança vem em primeiro lugar.

E pra finalizar, não entendo o motivo de tanto alarde, visto que o Web Signer está funcionando perfeitamente no Chrome.

Nos notes dos meus clientes, eu instalo o plugin do Web Signer em todos os navegadores possíveis, pois há momento que os sites não funcionam corretamente em um navegador, mas funcionam em outro. Se o seu TI não lhe instruiu dessa forma, sugiro que troque-o, pois não está sendo um bom TI.

more options

Utilizem a extensão Web PKI, problema resolvido!