Como assinar feeds de notícias e blogs

Nota: Este artigo se aplica ao Thunderbird 24 ou superior.

Os sites podem publicar conteúdo para baixar por aplicativos usando um dos protocoloes RSS ou Atom. Tal conteúdo é comumente chamado "feed de notícias" ou "feed RSS" ou "distribuição". Os feeds são frequentemente usados por blogs, mas sites mais tradicionais podem tornar qualquer conteúdo disponível nesse formato. Quando você assina um link do feed de um site, seu leitor de feed (por exemplo, o Thunderbird) verifica automaticame a localização e baixa os artigos para pastas locais.

Quando você usa o Thunderbird para manusear seus feeds, você pode usar a mesma apresentação e ferramentas (arquivamento, filtros, pesquisa, etc.) que você está familiarizado com o gerenciamento das mensagens e-mail.

Passo 1: Crie uma conta de feed

Primeiro você deve criar uma conta no Thunderbird para os seus feeds.

1. Na barra de menus, clique em Arquivo > Novo > Conta RSS. A janela do Assistente de contas de feed aparece.

2. Digite um nome para a sua conta de Feed no campo Nome da conta, em seguida, clique em Avançar.

3. Clique em Concluir. A sua nova conta aparecerá agora no painel de pastas do Thunderbird.

Passo 2: Assine feeds

Em seguida, escolha os feeds que deseja assinar.

1. Use seu navegador web para abrir um site que você quer assinar. A maioria dos sites de mídia e blogs que são atualizados regularmente disponbilizam feeds.

2. Procure pelo ícone familiar de RSS ou o link de texto no site. Na maioria dos sites o link aparece no rodapé ou nas laterais da página inicial.

rss icon on website

3. Clique bom o botão direito no link do RSS e copie o endereço do link. (Se você usa o Mozilla Firefox, clique em Copiar link no menu de contexto. Se você usa o Google Chrome, clique em Copiar endereço do link.)

copiando link rss de site

NOTA: Em alguns sites grandes, a página inicial do rss ou hiperlink dos feeds não é um feed em si, mas um link para um conjuto de feeds fornecido pelo site. Por exemplo, um grande site de mídia pode ter feeds diferentes para suas seções de notícias, esportes e entretenimento. Simplesmente clique no ícone de RSS na página inicial, em seguida, realize o Passo 3 na página que hospeda todos os feeds do site.

4. No Thunderbird, clique na sua Conta de Feed no painel de pastas.

5. Clique em Gerenciar inscrições para abrir o diálogo Inscrições RSS.

6. Na caixa URL do RSS, clique com o botão direito e cole o endereço do link no site.

7. Clique em Novo. O Thunderbird validará o link, criará uma nova pasta, assinará um link válido para a nova pasta, e baixará todos os artigos autais. A nova pasta aparece sob a sua Conta de Feed no painel de pastas.

diálogo inscrições rss

8. Os feeds também podem ser assinados rapidamente arrastando e soltando os links a partir do navegador para tanto a pasta Conta do Feed ou qualquer pasta em uma Conta de Feed, diretamente no painel de pastas. Se uma nova pasta é criada, o nome da pasta é derivada a partir do título do feed.

NOTA: O Thunderbird validará as novas urls de feed e deixa você verificar pelo sintaxe correta do protocolo no feed existente. Para feeds já adicionados, clique no link Validar no diálogo Inscrições RSS. Se um um feed não for Validado no Thunderbird (por exemplo, se é uma página web), ele pode, no entanto, aparentar estar correto no Serviço de Validação. Isso porque o Serviço tentará localizar um link válido. Verifique se o link do Serviço é o mesmo que você digitou no Thunderbird. (Uma página web pode ter mais de uma url de feed nela, o Serviço usará o primeiro que ele encontrar.

Passo 3: Leia seus feeds

Ler os seus feeds é tão fácil quanto usar seu e-mail no Thunderbird.

1. Clique em Receber mensagens para baixar todas as mensages mais recentes do feed, assim como suas mensagens normais de e-mail. Se você clicar com o botão direito em uma pasta específica e selecionar Receber mensagens, apenas mensagens para as assinaturas daquela pasta (e todas as subpastas dela) serão recebidas.

2. No painel de pastas, clique na pasta que contenha o feed que deseja ler. Uma lista de artigos não lidos do feed aparece no painel de lista de mensagens.

3. Clique em uma mensagem lista de mensagens.

4. Leia o artigo no corpo da mensagem. Se você gostaria de ver o artigo no site, clique no link no cabeçalho da mensagem próximo de Site da web (isso abrirá o link no seu navegador padrão).

visualizar mensagem rss

5. Você também pode selecionar a ação de visualização para ser realizada quando clicar duas vezes ou pressionando <enter> na mensagem de feed selecionada na lista. As opções são encontradas em Mensagem > Ao abrir mensagens RSS.

NOTA: Você pode definir tanto se a mensagem é exibida como um resumo do artigo ou a página web do artigo de duas maneiras:
  • No diálogo Inscrições RSS, selecione a pasta do feed e marque a caixa Exibir o conteúdo do item em vez de carregar a página web. Essa preferência se aplica para todos os feeds na pasta.
  • Selecione uma mensagem a partir da lista de mensagens, em seguida, clique em Exibir > Formatação do RSS como, e selecione tanto para usar o Formato padrão (configurações da pasta acima), ou sobrepor o padrão e mostrar o Resumo ou a Págia Web globalmente.
Em FerramentasEditar > Configurações de conta, selecione o nome da sua Conta de Feed e marque a caixa Por padrão, exibir o conteúdo do item em vez de carregar a página web. Essa seleção é a padrão para todos as novas assinaturas de feed que criar uma pasta naquela Conta.

Passo 4: Organize e gerencie seus Feeds

Pastas e contas

Você pode criar pastas no estilo do e-mail para agrupar feeds individual:

1. No painel de pastas, clique no nome da sua Conta de Feed para selecioná-la.

2. Clique em Arquivo > Novo > Pasta. A caixa de diálogo Nova pasta aparece.

3. Digite um nome para sua nova pasta, em seguida clique em Criar pasta. Para criar subpastas das suas pastas, primerio selecione a pasta que você quer como pasta pai, então, clique em Arquivo > Novo > Subpasta.

4. Alternativamente, você pode organizar seus feeds criando Contas de Feed adicionais. Simplesmente repita o passo 1 para cada conta que você deseja criar, dando a cada uma um nome diferente. Múltiplas contas são úteis se alguns feeds atualizam frequentemente e outros não, como atualmente o tempo de atualização é definido somente por conta (Bug 257037). Também, somente uma única url de feed pode ser assinada por conta.

NOTA: Uma subpasta da Conta de Feed pode conter zero, uma, ou muitas assinaturas.

O diálogo Inscrições RSS

1. A partir do painel de pastas é fácil ir diretamente para o gerenciamento de feeds clicando com o botão direito e selecionando o item Inscrever… do menu.

2. O diálogo abrirá com a pasta selecionada e aberta, mostrando as assinaturas de feed da pasta.

3. Os feeds podem ser arrastados e soltos e organizados de outra forma em pastas como você gostar. Por exemplo, é útil ter um feed de blogs e seu feed de comentários, assim os itens ficam juntos em tópicos com em e-mails!)

NOTA: Movendo ou removendo uma assinatura de uma assinatura de feed não afetará artigos já baixados de qualquer forma. Se você remover uma url de assinatura de um feed, a lista de itens ativos atualmente também será limpa. Como resultado, reassinar a url do feed causará que mensagens já baixadas serão armazenadas novamente. Excluindo uma pasta ou moveno ela para o lixo cancela automaticamente a assinatura de todos os feeds da pasta.

Etiquetamento automático

Se o editor adicionar etiquetas de <categoria> para os itens do feed, você pode escolher etiquetar automaticamente os artigos do feed com esses valores. Um valor de <categoria> corresponde à uma etiqueta de palavra-chave no Thunderbird. Um item de feed pode ter várias etiquetas de <categoria>

1. No diálogo Inscrições RSS, selecione o feed e marque a caixa Criar tags automaticamente dos nomes das <categorias> do feed box.

2. Você também pode adicionar um prefixo personalizado para diferenciar melhor as etiquetas.

As etiquetas são armazenadas no cabeçalho (RFC5322 compliant) Palavras-chave:' para portabilidade. Elas também são etiquetadas pelo sistema interno do Thunderbird e armazenada no cabeçalho X-Mozilla-Keys: do artigo. Como resultado, as etiquetas aparecerão no cabeçalho da mensagem e funcionaram com a Filtragem Rápida e Filtros de Mensagens e regras de Pesquisa de etiquetas.

Importar e exportar seus feeds

1. Se você tiver uma lista das urls de feeds em um arquivo no formato OPML talvez seja possível importá-la usando Ferramentas > Importar > Inscrições RSS. Escolha entre uma nova Conta de Feed ou uma existente.

2. Você também pode importar usando o diálogo Inscrições RSS, selecionando a pasta da Conta de Feed, e clicando em Importar.

3. Para exportar, selecione a Conta de Feed (pasta no topo) no diálogo Inscrições RSS e clique em Expotar. A estrutura de pastas e as preferências dos seus feeds serão salvas em um arquivo .opml. (Para exportar uma lista simples, pressione Ctrl, em seguida, clique no botão).

Dicas

  • Para marcar rapidamente todas as mensagens do feed como lidas, assim elas não aparecerã mais em negrito, pressione Shift + C enquanto o feed estiver selecionado.
  • Para determinar quão frequentemente o Thunderbird verifica por novas mensagens do feed, clique em Ferramentas > Configurações de conta ou Editar > Configurações de conta para abrir o diálogo, em seguida, clique no nome da sua Conta de Feed. Determine o valor em Verificar por novos itens a cada nnn minutos.
  • A retenção de artigos de feed é gerenciada assim como para e-mail. Clique em Èspaço em disco abaixo do nome da sua Conta de Feed em Configurar contas para mais opções.
  • Use a barra de ferramentas de Filtragem Rápida para poupar tempo se você está obtendo um monte de mensagens a partir de um feed.
  • Se você desejar usar os Filtros de Mensagens nas mensgens do feed e filtrar por site, crie um cabeçalho personalizado chamado Conteúdo-Base. Esse cabeçalho contém o link do site das mensagens do feed.
  • Artigos do feed podem ser colocado 'na nuvem' configurando um filtro para copiar ou mover itens para um pasta de conta IMAP. De qualquer maneira, isso não é uma sincronização verdadeira, mas pode ser útil em alguns casos. O bug de filtro para ativar este recurso tem sido corrigido no Thunderbird 38.

Dicas para editores

  • A especificação do Atom é recomendada. Se você usa a especificação RSS2.0, um <guid> é recomendado. Também, <title> e <link> são é obrigatório por especificação e o feed será rejeitado se eles não estiverem presentes. Outro erro comum é a representação de caracteres unicode com octals. Por favor, siga as especificações e valide e todos ganharão.
  • O cabeçalho Last-Modified deverá ser retornado nos seus servidores de resposta. O Thunderbird enviará esse valor em If-Modified-Since em sua próxima solicitação para o seu servidor, no qual você pode responder com o código 304 se for apropriado. Isso poupa uso desnecessário de largura de banda e processamento se não há novos itens our mudanças para o seu arquivo.
  • Novidade no Thunderbird 27: Se você usa o Atom e sua extensão de tópicos, o Thunderbird agrupará itens de feed relacionados (como comentários para um artigo) dentro de tópicos assim como faz com mensagens de e-mail relacionadas.
  • Novidade no Thunderbird 38: Alterações para urls de feed podem ser detectadas pelo Thunderbird e atualizadas automaticamente para os usuários. Veja Bug 304917 para duas maneiras de fazer isso.

Dicas avançadas

  • A frequência de atualizações do feed Verificar por novos artigos deverá ser definida para minimizar o uso desnecessário de largura de banda e o processamento do Thunderbird. Se o editor não estiver usando o Last-Modified acima. Se estiver sendo usado, uma mensagem Não há novos artigos para este feed aparece imediatamente na barra de estado quando obtendo novas mensagens manualmente para a pasta duas vezes rapidamente.
  • Uma url de feed pode ser adicionada sem estar online; adicionando no modo offline ignorará a validação do feed. Se estiver offline (para ficar offline, clique no ícone da barra de estado), um diálogo aparecerá solicitando ficar online para receber novas mensagens. Cancele a notificação e o feed será adicionado. O título do feed será a url e pode ser editado. Uma vez online novamente, o Thunderbird pode falhar o feed por url ou sintaxe inválida, mas existirá na base de dados.
  • O Thunderbird tem um registro extensivo das atividades do feed, visualizável em Ferramentas > Console de erros. Altere a preferência Feeds.logging.console para debug ou trace ( e reinicie) para ver detalhes do processamento do feed.

Perguntas frequentes da solução de problemas

P: Por que as mensagens do feed são duplicadas as vezes?

R: As mensagens do feed com conteúdo idêntico mas com ids únicos não são detectados como duplicatas. Veja este artigo para muito mais detalhes.

P: Quando visualizo uma página web de um feed, por que existem blocos de texto ou códigos ou scripts visíveis? [NOTA: Corrigido no Thunderbird 38.]

R: Veja Bug 662907 para detalhes. Uma solução alternativa é criar uma regra css, no seu arquivo [perfil]/chrome/userChrome.css ou usando a extensão Stylish:

noscript { display: none !important; }

P: Quando visualizo uma página web de um feed, por que um navegador as vezes abre ou uma página aleatória as vezes é carregado no navegador?

A: Desde que o Thunderbird não foi projetado para ser um navegador web, ele enviará todas as solicitações do link para o seu navegador padrão. Neste caso, um script na página web do feed está tendo abrir um link. A melhor solução é instalar a extensão Adblock Plus. Além disso, tendo extensivos filtros, o Adblock Plus lhe deixa configurar urls ou domínios personalizadas para ser bloqueado. Veja também Bug 524281.

P: Por que não consigo ver imagens ou vídeos ou documentos outro conteúdo embutido quando visualizo um resumo de feed?

A: Isso é devido ao JavaScript ser desativado para mensagens (e-mails, grupo de notícias, resumos de feed). A solicitação para implementar uma opção configurável do usuário para ativar o JavaScript, apenas para resumos de feed, está em Bug 456481.

// Contribuidores que ajudaram a escrever esse artigo:user917725, André Marinho. Você também pode ajudar - descubra como.

Este artigo foi útil? Por favor, aguarde...

Contribua com o suporte da Mozilla