Assistir conteúdo com DRM no Firefox | Como fazer

Assistir conteúdo com DRM no Firefox

O Digital Rights Management (DRM), em português "Gestão de Direitos Digitais", é uma tecnologia que permite a serviços de áudio e vídeo online garantir que o conteúdo fornecido seja usado de acordo com seus requisitos. Esta tecnologia pode restringir algumas funcionalidades do navegador. Enquanto alguns conteúdos controlados por DRM podem ser vistos usando o plugin Adobe Flash, muitos serviços estão migrando para reprodução de vídeos em HTML5, que requer um mecanismo diferente de DRM chamado Content Decryption Module (CDM), em português "Módulo de Descriptografia de Conteúdo".

Reproduzindo conteúdos controlados por DRM no Firefox

Firefox para desktop suporta o Google Widevine CDM para reproduzir conteúdo controlado por DRM. O Firefox baixa e habilita o Google Widevine CDM por padrão para dar aos usuários uma experiência suave em sites que requerem DRM. O Firefox baixa e habilita o Google Widevine CDM por demanda, com permissão do usuário, para proporcionar aos usuários uma experiência mais fluída em sites que requerem o DRM. O CDM funciona em um contêiner separado e vai notificá-lo quando estiver em uso. Você também pode desabilitar o CDM e optar por não receber futuras atualizações seguindo as etapas abaixo. Depois de desabilitar o CDM, no entanto, os sites que usam esse tipo de DRM podem não funcionar corretamente.

Desativar o Google Widevine CDM sem desinstalar

Desativar o Google Widevine do Gerenciador de Extensões evita que ele seja executado no seu computar e impede que futuras atualizações sejam baixadas. Para desativar este plugin CDM:

  1. Clique no menu Fx57menu , clique em Fx57Addons-icon Extensões e selecione Plugins.
  2. Selecione Nunca ativar no menu ao lado do Widevine Content Decryption Module provided by Google Inc.

Você pode encontrar sites onde a reprodução de conteúdo não seja possível sem habilitar o Google Widevine. Você sempre pode habilitar novamente o Google Widevine selecionando Sempre ativar no menu próximo ao Widevine Content Decryption Module provided by Google Inc.

Desativar reprodução CDM, desinstalar CDMs e interromper todos os downloads de CDM

Você pode optar pela total não reprodução de DRM em HTML5. Uma vez feito isso, o Firefox excluirá do seu disco rígido todos os CDMs baixados, cessará todos os futuros downloads de CDMs e desativará a reprodução de DRM. Isso afeta somente áudio e vídeo em HTML5 controlado por DRM. Para optar por desativar completamente a reprodução em HTML5 DRM, siga estes passos:

  1. Clique no menu New Fx Menu Fx57Menu e selecione Opções.Preferências.
  2. No painel Geral, vá para a seção Conteúdo DRM (Digital Rights Management - Gerenciamento de Direitos Digitais).
  3. Desmarque a seleçãoReproduzir conteúdo controlado por DRM.
Nota: Você ainda será capaz de visualizar conteúdos controlados por DRM que exijam o Adobe Flash, se você os instalou e habilitou no Firefox. A configuração Reproduzir conteúdo controlado por DRM controla apenas a reprodução em HTML5 DRM, não plugins.

Você pode encontrar sites onde a reprodução de conteúdo não seja possível sem DRM habilitado. Você sempre pode ativar novamente a reprodução de DRM abrindo o Firefox OpçõesPreferências painel Geral, em Conteúdo DRM (Digital Rights Management - Gerenciamento de Direitos Digitais), marque a opção Reproduzir conteúdo controlado por DRM. Após ativar esta opção, a reprodução DRM via HTML5 será reativada e o CDM Google Widevine e Adobe Primetime serão instalados automaticamente.

Plataformas suportadas

Google Widevine

  • Windows Vista e superior
  • Mac OS X 10.9 e superior
  • Linux x86 e x64

Capacidades similares de desativar o uso de DRM serão oferecidas em qualquer nova plataforma em que o Firefox suporte DRM.

Este artigo foi útil?

Por favor, aguarde...

// Contribuidores que ajudaram a escrever esse artigo:user917725, Thiago Casagrande, André Marinho, Wolfgang Marcos, Cynthia Pereira, Marcelo Ghelman, Jhonatas Rodrigues . Você também pode ajudar - descubra como.

Última atualização: 2018-12-02

Obter suporte para outra plataforma:
Personalizar esse artigo

Firefox