Como trocar para um provedor de e-mail seguro

Uma conexão segura com o seu provedor de e-mail é importante para permitir ao aplicativo de e-mail verificar se está comunicando com o seu servidor de e-mail real sem ninguém espionar.

Os Riscos de uma conexão insegura

Usar uma conexão insegura com o seu provedor de e-mail torna possível que outros finjam ser seu provedor de e-mail para capturar sua senha ou o conteúdo de seus e-mails. Uma vez que sua senha é conhecida por um atacante, ele pode usar sua conta de e-mail como se fosse você até que você troque sua senha. Isto é importante porque muitos Websites usam sua conta de e-mail para troca de senhas ou para e-mails de confirmação, e um atacante com acesso a sua conta de e-mail pode ler estes e-mails e apaga-los antes que você veja.

Os riscos são reais, especialmente para dispositivos móveis que usam tecnologia Wireless para se conectar a internet. Os padrões existentes de rede de dados móvel atuais infelizmente tem encriptação vulnerável e permitem aos atacantes instalarem antenas falsas. Similarmente, muitas conexões Wi-fi usam padrões de dados que são vulneráveis a ataques ou simplesmente não criptografam nenhuma informação. Por exmplo, o Wi-fi livre no café usualmente não usa criptografia e então não há nenhuma forma de você ter certeza se está atualmente usando o Wi-fi do café ou a um computador que está fingindo ser o Wi-fi do café.

Os Benefícios de uma conexão segura

Usar uma conexão segura (indicada por uma conexão "STARTTLS", "TLS" ou "SSL"), significa que os servidores de internet entre você e seu provedor de e-mail não podem ver o conteúdo transmitido na conexão, então sua senha e conteúdo do e-mail continuam privados enquanto passam entre seu provedor de e-mail e você. (Estes padrões são muito mais bem projetados do que os implementados pelas indústrias de celular e Wi-fi.)

Verifique seu provedor atual

Seu provedor de e-mail atual deve ter uma opção de conexão segura. Verifique a documentação ou entre em contato com o suporte do seu provedor.

Se não é oferecida uma opção de conexão segura, dê sua opinião sobre como considera importante a privacidade que uma conexão segura oferece. Isto ajuda a criar um mundo melhor para o futuro!

Alguns provedores irão sugerir que é seguro não usar criptografia por alguma razão. Eles estão errados e provavelmente é uma boa ideia encontrar um provedor de e-mail melhor.

Trocando de provedor de e-mail

Felizmente, existem muitas opção gratuitas de e-mail que fornecem conexões seguras. Assim você pode ter um novo endereço de e-mail. Muitos provedores de e-mail permitem a você importar seus e-mails e contatos de um endereço de e-mail antigo e continuar redirecionando os novos e-mails recebidos na conta antiga para a conta nova. (Isto é um pouco mais seguro que você checar seu e-mail em um dispositivo Wireless porque conexões de servidor para servidor usam conexões cabeadas que são muito menos prováveis de serem interceptadas por qualquer outro que não seja do governo.)

Fatores a considerar

Quando estiver escolhendo qual provedor de e-mail usar, alguns fatores para considerar:

  • Eles oferecem conexões seguras aos servidores de e-mail?
  • Eles permitem que você importe seus e-mails e contatos do provedor antigo?
  • Você está confortável com como o provedor lida com suas informações de e-mail? Eles sabem como manter as informações das pessoas seguras dos demais?

Opções

Wikipedia tem uma https://en.wikipedia.org/wiki/Comparison_of_webmail_providers comparação de provedores de e-mail. Se quiser usar um cliente de e-mail vá até a página para checar seu e-mail, então escolha um e veja se oferece suporte a "IMAP" e se tem "suporte a protocolo criptográfico" como "TLS" ou "SSL".

O Google Gmail é oferecido em diversas línguas, oferece conexões seguras e oferece suporte a IMAP, então você pode continuar para importe novos e-mails de sua conta antiga quando forem recebidos. Então ele pode ser uma escolha razoável se você gostar de como o Google lida com os dados pessoais das pessoas.

Este artigo foi útil? Por favor, aguarde...

Contribuidores que ajudaram a escrever esse artigo: Marco Aurélio, Nelson Dutra Junior, Jhonatas Rodrigues . Você também pode ajudar - descubra como.